Despertar mais tarde…Soneca na vida, amanhã eu mudo

Só mais cinco minutos… Me despeço devagarinho de quem quero deixar de ser

Só mais um pouquinho…E eu me encorajo a ser quem sou

A gente se despede aos pouquinhos… Porque ser uma expectativa alheia é como cama quentinha no inverno, sentir- se amado. 

Mas ser quem se é, é como ser o próprio mundo ali fora e o próprio amor em si. 

Mais vai devagarinho…Respeita o tempo da mudança.  

Mas não perca tempo em mudar.

O tempo do descanso e o tempo de despertar…

Tempo semente…tempo de se abrir

Eduarda Renaux

29/09/2019

#palavracolhida #tempos 2E0F6B4E-14F0-4373-AF6D-163CD78E40F3.jpeg