Sobre o Blog

Nada mais humano que palavras. Através delas, nasce a civilização, mudanças culturais, organizações grupais e expressões da singularidade. As palavras podem acolher num momento difícil, como também, ferir no calor da emoção. Tão poderosas que retiraram o humano do estatuto puramente biológico para inseri-lo no campo simbólico da linguagem. Apaixonada pelos alcances das letras e narrativas, reservo este espaço para colher e acolher palavras.

Autora

Eduarda Renaux