PalavrAcolhida

Colhendo e acolhendo palavras

A Neurótica – Pedra da Lua

Enquanto ouvia “Total Eclipse of the heart” da diva Bonnie Tyler, sentia o cheiro da infância no carro velho dos pais. Pedia para repetir a música a viagem toda, mesmo … Continuar lendo

14 de novembro de 2017 · Deixe um comentário

Viva o Luto – Descansa em Paz

Viver é perder. A cada não que nos é dito, a cada privação,  nos preparamos para as grandes perdas que teremos no caminho. Pessoas que foram poupadas de perder, muito protegidas … Continuar lendo

22 de outubro de 2017 · Deixe um comentário

A Neurótica – Pedra do Sol

Um sol de cegar os olhos! Sentada na praça, tão atordoada quanto a multidão que ali passava. Mas não era isso que justificava sua cegueira daquele dia. Se era olhar … Continuar lendo

1 de outubro de 2017 · 2 Comentários

Manejo das Importâncias

Não existe ato que não seja impulsivo, até pensar muito sobre algo é uma impulsividade. Somos eternos imprudentes. As significações vão aparecendo depois, naquele passo para trás para poder ver … Continuar lendo

10 de setembro de 2017 · 4 Comentários

A Neurótica – Turquesa

A Neurótica lembrou de uma lembrança que nunca aconteceu. Mas desejou tanto essa cena que virou verdade, e de vez em quando é assim, lembrava de um futuro que já … Continuar lendo

20 de agosto de 2017 · Deixe um comentário

A Neurótica – Jade

Trocou de roupa quatro vezes, inventou alguns defeitos em cada uma das composições, deitou na cama como se preferisse vestir-se com o lençol a qualquer item do armário. Uma mulher começa … Continuar lendo

13 de agosto de 2017 · 1 comentário

Copo Meio Vazio

Junto comigo, na sala de espera do hospital havia um senhor que iria operar o joelho, primeira anestesia geral da vida daquele homem. Eu, com supostamente metade de sua idade … Continuar lendo

23 de julho de 2017 · Deixe um comentário

Sem Parteira

Pode parecer normal para a maioria, mas a gente desacredita que passa boa parte da vida feito mito grego. Diz o mito, que em princípio tínhamos quatro braços, quatro pernas, todos … Continuar lendo

2 de julho de 2017 · 1 comentário

A Neurótica – Pedra de Aylaat

Se a vida não podia ser mais fácil então que Deus lhe desse força para enfrentar o que viesse. “Dai-me força”, era só o que ela conseguia repetir a si … Continuar lendo

10 de junho de 2017 · Deixe um comentário

O MURO DAS PALAVRAS ABAFADAS

“Uma imagem vale mais que mil palavras” nos diz Confúcio, filósofo chinês. Esse dito que já virou mantra popular revela uma verdade mas esconde uma outra versão: uma imagem nos … Continuar lendo

4 de junho de 2017 · Deixe um comentário

A Neurótica – Quartzo Rosa

  Tanto a cura como a doença bebem da mesma fonte, o amor. Se o coração fosse bússola, os pontos cardeais seriam as direções que cada um escolhe para amar … Continuar lendo

27 de abril de 2017 · Deixe um comentário

A Neurótica – Turmalina

Quem choraria minha morte? Uma pergunta que a Neurótica sempre se fazia como uma tentativa de medir sua importância nesse mundo, tão cheio e tão ruidoso. Justamente ali onde o … Continuar lendo

13 de abril de 2017 · Deixe um comentário

A Neurótica – Rodocrosita

Meditação, o caminho para a cura. Foi o que ela leu. Foi também o que ela quis ler. Na rede social, quando paramos para ler um texto, efetivamente fazemos uma … Continuar lendo

7 de abril de 2017 · Deixe um comentário

A Esquisita e Destemida e o Homem-Fera

Ou seria sobre A Bela e a Fera? Veio em tempo e em boa hora. Tem gafes que denunciam tanto o retrocesso que chegam a servir de trampolim para o … Continuar lendo

19 de março de 2017 · 1 comentário