A curiosidade é o desejo de saber mais e mais, e não se contenta com nenhuma resposta, não tem fim. Sem ela é um saber de “cór”, sem cor, sem alma. É o próprio fim!

A palavra decorada é até palavra bonita, mas sem vida, é apenas decorativa, não diz nada.

A curiosidade e a magia são como melhores amigas. E elas amam brincar juntas e quando o fazem, nosso coração vibra de alegria, brota o desejo. E esse final de semana foi assim, guiada pela curiosidade e seu efeito magico.

Eduarda Renaux